quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

FABRICIO SILVEIRA É O NOVO PRESIDENTE DA CONPAS EM MATELÂNDIA



Em Matelândia a CONPAS (Conselho de Pastores) foi constituída a dois anos tendo Neuri Parizzotto o seu 1º presidente, neste período vários  encontros aconteceram e destacamos as duas Marchas Para Jesus realizado. Objetivo da entidade é uma relação entre as igrejas evangélicas do município a fim de fazer a obra de Deus.
Neste encontro foi empossado a nova diretoria tendo para os próximos dois anos o Pastor Fabrício Silveira da PIB Primeira Igreja Batista de Matelândia presidente e o Pastor Gilmar Camargo da Igreja AD Madureira de vice. Na reunião teve a presença de outros pastores e membros da nova diretoria. Após os discursos e solenidade de posse foi servido um jantar na sede da Apromat.




quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

MATELÂNDIA DESTAQUE ESTADUAL NA SAÚDE

 MATELÂNDIA SE TORNA REFERÊNCIA EM SAÚDE SENDO DESTAQUE ENTRE OS 399 MUNICÍPIOS DO ESTADO
Nesta sexta-feira (01) representantes das Unidades Básicas de Saúde juntamente com a Secretária de Saúde Claudiana François e o Prefeito Rineu Menoncin estiveram na cidade de Foz do Iguaçu, onde receberam em nome de todos os demais integrantes da equipe de Matelândia 05 Selos Prata através do Governo do Estado.
O título é um reconhecimento ao trabalho de excelência desenvolvido pelas equipes de saúde que atuam no atendimento direto à população. 
De acordo com o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, a concessão dos selos faz parte de um programa inédito do Estado, criado para fortalecer a atenção primária. “É uma maneira de valorizar os profissionais que se empenham diariamente na melhoria das condições de assistência à população. O objetivo é mostrar que é possível oferecer um atendimento digno e resolutivo em todos os municípios”, destacou.

Implantado em 2014, o projeto de Tutoria da Secretaria de Estado da Saúde já beneficia mais de 500 unidades de saúde. Todo o trabalho é orientado e acompanhado por profissionais das regionais de saúde. A idéia é aprimorar a gestão da qualidade dos serviços prestados através de mudanças no modelo de gerenciamento de riscos, processos e resultados.
Segundo o superintendente de Atenção à Saúde, Juliano Gevaerd, o projeto propõe mudanças na rotina de trabalho das unidades. “A prioridade é garantir a qualidade e a segurança da assistência ao paciente. Por isso, orientamos as equipes municipais a adotarem protocolos e ações específicas neste sentido”.
A tutoria é a segunda etapa da vertente de educação permanente do programa ApSUS, de qualificação da Atenção Primária à Saúde. Na primeira fase, o Estado promoveu nove oficinas temáticas sobre diretrizes importantes da política pública de saúde.
Os selos de qualidade do APSUS foram divididos em três categorias: bronze, prata e ouro. Para recebê-los, é preciso que a unidade atinja desempenho satisfatório em uma rígida avaliação da Secretaria da Saúde. Cada categoria diz respeito a um nível de qualidade diferente.
Matelândia no ano passado inscreveu 05 unidades que passaram por toda a avaliação e conquistaram em sua totalidade o Selo Bronze. Já neste ano, o fato se repete porém com maior grau de exigência, 05 unidades inscritas e novamente 05 selos, agora na categoria Prata. Fato inédito no estado, o que torna Matelândia uma referência para os demais 399 municípios.
Para o Prefeito de Matelândia e também Presidente da AMOP (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) Rineu Menoncin “ esta é uma conquista de suma importância não apenas para a gestão, mas principalmente para a população que ganha ao ser melhor atendida, ao ter melhores condições nas unidades de saúde, ao ter suas vidas sendo levadas a sério e tratadas com responsabilidade. Somos imensamente orgulhosos e gratos a todos os nossos profissionais da Saúde que hoje comprovam que trabalho sério e comprometido gera sim bons resultados e também a toda 9º Regional de Saúde e ao Governo do Estado por esta oportunidade e parceria com os municípios”.
A solenidade contou com a presença além do secretário estadual da Saúde Michele Caputo Neto, do superintendente de Atenção à Saúde Juliano Gevaerd, do Presidente da AMOP e Prefeito de Matelândia Rineu Menoncin, do Prefeito de Foz do Iguaçu Chico Brasileiro, do Prefeito de Itaipulândia Edinei Gasparini, do Prefeito de Missal Hilário Jacó Willers, da Vice-Prefeita de Santa Terezinha Professora Neide Mariot Corrente, Secretários Municipais de Saúde e Servidores das Unidades Básicas de Saúde.
E para fechar com chave de ouro, foi sorteado o montante de 115 mil reais para aquisição de equipamentos para a saúde, e ao ser escolhido para tirar o “papel” o Prefeito de Matelândia teve a feliz notícia de ter pego o seu próprio município. Felicidade em dobro, ou podemos dizer, elevado a 6º potência neste caso.
Assessoria: Susi Ana Nardi

Fotos: Cesar Berger



terça-feira, 5 de dezembro de 2017

MATELÂNDIA É CONTEMPLADA COM 20 CASAS


Itaipu Binacional e governo do Estado vão construir 320 casas na região Oeste e Matelândia será contemplada com 20 unidades

O Prefeito Rineu Menoncin e a 1ª Dama e Secretária de Desenvolvimento Social e Habitação Maria Lucia Weber Menoncin estiveram em Curitiba na tarde desta segunda-feira (4) aonde assinaram um convênio para a construção de 20 casas na sede do município em parceria com a Itaipu Binacional e a Secretaria Estadual da Família e Desenvolvimento Social (Seds). A parceria faz parte do acordo de cooperação técnica firmado no início de novembro entre a binacional e o governo do Estado. O convênio prevê um reforço no trabalho socioassistencial já desenvolvido na região, tanto pela Itaipu quando pela secretaria.
Além de financiar o projeto das 320 casas em 16 municípios com R$ 10 milhões, a Itaipu é responsável pela delimitação da área de construção, elaboração dos trabalhos técnicos e fiscalização do uso dos recursos, como explica o diretor-geral brasileiro, Luiz Fernando Leona Vianna. “As casas são uma ferramenta de desenvolvimento social para a população carente desses municípios”, ressaltou.
A escolha das 320 famílias foi feita por meio do cruzamento de dados cadastrados pela binacional e pela Seds. O critério tem como base o tamanho da população, o índice de vulnerabilidade e o déficit de habitação da Cohapar. “No grupo de beneficiados também estão contempladas as populações tradicionais, como quilombolas e indígenas”, explicou a gerente do Departamento de Proteção Ambiental da Itaipu, Silvana Vitorassi.
Cada um dos 16 municípios receberá 20 casas. “Se todo final de ano fosse assim seria muito bom.

"Temos muitas famílias esperando para realizar este sonho que é muito mais do que um desejo de uma vida melhor, é a conquista da dignidade para eles. E estas 20 unidades com certeza serão de grande valia para Matelândia". Destacou a Secretária Maria Lucia.
“Essa é a primeira vez que a Itaipu faz a construção de casas, com um projeto mais ligado à família e ao desenvolvimento social”, destacou a secretária da Seds, Fernanda Richa. Segundo ela, a habitação é a maior demanda que chega até a secretaria.
Para o superintendente de Obras e Desenvolvimento de Itaipu, Newton Luiz Kaminski, a previsão é de que a construção das habitações comece em fevereiro. “A ideia é que as famílias já estejam morando em suas novas casas até o final de 2018”, afirmou.

Estiveram presentes no ato da assinatura representantes dos 16 municípios lindeiros: Foz do Iguaçu, Guaíra, Cascavel, Santa Tereza do Oeste, Pato Bragado, São José das Palmeiras, Boa Vista da Aparecida, Toledo, Medianeira, Ouro Verde do Oeste, Matelândia, Terra Roxa, Palotina, São Miguel do Iguaçu, Marechal Cândido Rondon e Quedas do Iguaçu.

terça-feira, 21 de novembro de 2017

VEÍCULOS PARA A PM DE MATELÂNDIA


        A Companhia da Policia Militar de Matelândia, através do Capitão Volmir da Silva e toda a sua equipe recebeu inúmeras autoridades na manhã do dia 17 de novembro de 2017. Exatamente no dia em que o Capitão completou 1 ano de atividades em Matelândia. O motivo do encontro foi a entrega de um veiculo novo Toyota Etios Zero Km que foi uma conquista recebida do estado e a entrega de uma Amarok para a Rotam que foi totalmente reformada com apoio das Associações Comerciais da comarca e da mão de obra da Prefeitura de Matelândia. Para o vice Prefeito Enio de Oliveira que no momento representa o prefeito Rineu "Estamos sempre preocupados em dar o melhor de segurança para a população e a vinda desta viatura e a reforma da Amarok veio tranquilizar um pouco mais".


segunda-feira, 13 de novembro de 2017

IVONE FERREIRA É A FELIZARDA DO SORTEIO DA LAND ROVER

    Noite de benção na família de dona Ivone Wandroski Ferreira esposa do Anildo, que adquiriu 16 numeros do projeto Nemias da Igreja AD Madureira de Matelândia em prol a construção do novo templo onde concorria  um Land Rover 2008. O sorteio e entrega do veiculo foi feita pelo pastor Gilmar Camargo e a missionária Lenir  após sair o ganhador..








sexta-feira, 10 de novembro de 2017

AMOP:R Jornalistas e líderes cooperativistas serão homenageados nesta sexta em Cascavel

Rineu Menoncin Presidente da Amop

          O salão social do Tuiuti Esporte Clube, de Cascavel, recebe na noite desta sexta-feira (10), a partir das 20h, convidados de todo o Estado para o evento que encerra a programação festiva da Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) de 2017. Trata-se da entrega do título de Cidadão Honorário do Oeste do Paraná aos presidentes das seis maiores cooperativas agropecuárias da região Oeste e do Prêmio Amop de Jornalismo. 
Receberão o título de Cidadãos Honorários do Oeste os líderes cooperativistas Alfredo Lang, presidente da C.Vale, de Palotina; Dilvo Grolli, presidente da Coopavel, de Cascavel; Irineo da Costa Rodrigues, presidente da Lar, de Medianeira; Ricardo Chapla, presidente da Copagril, de Marechal Cândido Rondon; Valter Pitol, presidente da Copacol, de Cafelândia e Valter Vanzella, presidente da Frimesa, de Medianeira. 
              O Presidente da Amop prefeito de Matelândia Rineu Menoncin e sua diretoria estarão recepcionando os convidados de toda a região
Já o Prêmio Amop de Jornalismo será entregue aos finalistas de cinco categorias que fizeram reportagens com o tema Agronegócio, ao longo de 2017. As categorias são Rádio, Televisão, Impresso, Fotografia e Web. O julgamento dos trabalhos foi feito por coordenadores do curso de jornalismo e assessores de imprensa de faculdades e universidades da região Oeste. 
Após a premiação, será realizado jantar-baile com animação da Banda Hora Nacional. A iniciativa é da Amop, com apoio da Itaipu Binacional. Mais informações pelo telefone (45) 3326-8544. 

JOVEM DECAPITADO NA REBELIÃO É DE MATELÂNDIA

Tiago Gomes de Souza de Matelândia foi morto no início da noite desta quinta-feira (9) durante uma rebelião na Penitenciária Estadual de Cascavel (PEC), no oeste do Paraná, segundo a Polícia Militar (PM). A polícia informou que o homem foi decapitado por outros presos.
A Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp) diz que informações preliminares apontam para uma possível briga entre facções. Os nomes delas não foram divulgados até a última atualização desta reportagem.
A rebelião começou durante a tarde. Pelo menos três agentes foram feitos reféns, segundo o Departamento Penitenciário (Depen). A Sesp informou também que não foi feita qualquer exigência por parte dos presos.
Por volta das 18h, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) informou que um dos reféns foi liberado. O homem sofreu ferimentos na cabeça e foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Veneza.
Não há informações de outros feridos.
Segundo a Sesp, a PEC foi projetada para receber 1.160 presos. O local não sofre com superlotação, pois conforme os dados oficiais abriga 980 presos.
Equipes do Setor de Operações Especiais (SOE) foram até a penitenciária para negociar com a liderança dos presos, informou a Sesp.
O Sindicato dos Agentes Penitenciários informou que a rebelião começou no solário da penitenciária. De acordo com o sindicato, os presos que estavam no local escalaram a parede e acessaram o telhado.

Protesto

Parentes de presos que estão na Penitenciária Estadual de Cascavel, no oeste do Paraná, fecharam a BR-277. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ato começou por volta das 19h . O grupo pede que as autoridades forneçam notícias sobre as condições dos detentos.
Conforme a PRF, pelo menos 40 pessoas participaram do protesto. A fila para os motoristas chegou a 4 quilômetros, no sentido Curitiba e 2 quilômetros para quem segue em direção a Foz do Iguaçu. A pista foi liberada por volta das 21h.
De acordo com a PM, homem foi morto por outros presos
De acordo com a PM, homem foi morto por outros presos (Foto: Roberto Porto/RPC Cascavel)

Outra rebelião

Em 2014, outra rebelião na mesma unidade deixou ao menos cinco presos mortos e 27 feridos. O motim foi encerrado após 45 horas. Na ocasião, cerca de 80% da estrutura da penitenciária foi destruída pelos presos.